Historial

O CIDEHUS foi fundado em 1994 e teve como primeiro diretor o Professor Doutor Inácio Rebelo de Andrade. Começou por chamar-se Centro de Investigação e Desenvolvimento em Ciências Humanas e Sociais.

Até o ano 2000, a sua atividade organizava-se em quatro grandes campos: 1) Sociologia do Desenvolvimento; 2) História da Europa do Sul e do Mediterrâneo; 3) Educação e formação profissional; 4) Linguística Geral. A disciplina nuclear era então a Sociologia. 

Em 2001, quando passou a ter na História a sua disciplinar âncora, mudou de designação. Intitulou-se Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades  e manteve a mesma sigla (CIDEHUS). Desde 2007, o CIDEHUS tem vindo a interessar-se crescentemente pelas problemáticas do Sul. Em 2001, organizava-se em 6 linhas, que foram condensadas em 3 grupos em 2007:

RG1: O Sul e o Mediterrâneo: Dinâmicas Sociais e Culturais

RG2: Património, Cultura Material e Arqueologia no Sul da Europa e no Mediterrâneo

RG3. Bibliotecas, Literacias e Informação no Sul

O programa nuclear foi de novo reajustado em finais de 2013. Configurou-se em torno de: «História, património e mudanças societais: um laboratório do Sul». O CIDEHUS assumiu o modelo de laboratório  para acentuar o seu dinamismo e o seu interesse no conhecimento aplicado.