III Sessão do Ciclo de Conferências
Dinâmicas do Mediterrâneo
Água no Sul e na região Mediterrânica: os desafios da sustentabilidade

Decorrereu, no dia 28 de Novembro, a III sessão do Ciclo de Conferências "Dinâmicas do Mediterrâneo, dedicada ao tema "Água no Sul e na região Mediterrânica: os desafios da sustentabilidade", uma organização do Gabinete UNIMED da Universidade de Évora, com o apoio do ICAAM e do CIDEHUS. 

O ciclo de conferências pretende dar a conhecer a investigação feita em torno dos temas do Mediterrâneo na Universidade de Évora, fomentar parcerias, transferir conhecimento e potenciar atividades e projetos.  

Esta 3ª sessão, dedicada à gestão sustentável da água, contou não só com a presença de investigadores da Universidade de Évora, mas também com a preciosa participação do professor Luis Chicharo, titular da Cátedra UNESCO em Ecohidrologia: Água para os ecossistemas e sociedades da Universidade do Algarve.

António Chambel (Departamento de Geociências da Universidade de Évora | ICT - Instituto de Ciências da Terra) apresentou uma comunicação sobre os ecossistemas dependentes de águas subterrâneas em zonas costeiras do Alentejo, focando o caso da Lagoa de Santo André.

Filipe Themudo Barata (CIDEHUS-UÉvora | Titular da Cátedra em Património Imaterial e Saber-Fazer Tradicional - UÉvora) apresentou, conjuntamente com João Guerreiro (Universidade do Algarve) a obra “Os Mestres da Água” da autoria de Mohammed El Faïz, professor da Universidade de Marrakech, uma edição conjunta da Universidade do Algarve e da Editora Sul, Sol e Sal.  O livro apresenta de forma detalhada a história da hidráulica árabe, reconhecendo-se muitos aspetos característicos dos aproveitamentos hídricos tradicionais do Sul da Península Ibérica.

Alexandra Penha (Laboratório da Água da Universidade de Évora | ICT - Instituto de Ciências da Terra) apresentou uma comunicação dedicada ao tema da gestão sustentável da água na região mediterrânea. Deu, também, a conhecer o trabalho desenvolvido pelo Laboratório da Água da Universidade de Évora, dirigido por Maria Manuela Morais. 

A tarde foi frutífera na discussão de várias problemáticas, entre as quais a gestão dos aquíferos, os desafios da gestão sustentável da água disponível e a capacidade de adaptação dos ecossistemas e das sociedades às alterações climáticas e ambientais. 

Esta sessão foi essencial para potenciar novas parcerias de investigação no campo dos estudos da Água e da sua gestão, e para fomentar novas colaborações no âmbito da Sub-Rede em Alimentação e Água da UNIMED, coordenada pelo Office UNIMED da UÉvora.  

 

Anexos
Publicado em 29.11.2018